Tuesday, November 14, 2006

O primeiro encontro do Japão com o mundo ocidental


O primeiro encontro do Japão com o mundo ocidental

As relações mútuas de intercâmbio entre os dois países, que iriam durar mais de 460 anos, começaram no momento em que os portugueses chegaram à Ilha de Tanegashima em 1543. Isto marcou o primeiro encontro histórico do Japão com o mundo ocidental, embora o Japão já tivesse uma longa história de contactos com os países asiáticos tais como a China e a Coreia.

Comércio “Nan-ban” (ou “Nan-ban Bo-eki”) ─ intercâmbio comercial entre Portugal e o Japão ─
As actividades comerciais entre os dois povos designavam-se, no Japão, “Nan-ban Bo-eki”, pois os portugueses, tal como os espanhóis, na altura eram chamados “Nan-ban Jin” (bárbaros do sul) pelos japoneses. Nesse comércio, os portugueses traziam espingardas, pólvora, seda crua da China para o Japão este exportava prata, ouro e sabres para Portugal.

As espingardas trazidas pelos portugueses espalharam-se rapidamente como arma de ponta entre os senhores feudais do Japão. O surgimento da infantaria equipada de espingardas surtiu uma mudança drástica na táctica de guerra no Japão, que até a essa altura dava maior importância à cavalaria tradicional, introduzindo uma influência de enorme importância no estilo de construção dos castelos enquanto instalações de defesa.

Vestígios deixados pelo intercâmbio:

O intercâmbio entre os dois países trouxe novos vocábulos para ambas as línguas. Do português para o japonês, por exemplo, pan (pão), koppu (copo), botan (botão), tabako (tabaco), shabon (sabão), etc. e do japonês para o português, biombo (byoobu), catana (katana), etc..

Entretanto, na área da culinária, alguns novos pratos foram trazidos de Portugal para o Japão. Por exemplo, segundo alguns autores, um bolo japonês chamado “kasutera”, diz-se ter sido desenvolvido a partir do pão-de-ló português. Outro tipo de bolo japonês chamado “konpeitoo” também tem nitidamente a sua origem portuguesa, proveniente do “confeito”. Estes bolos ainda encontram-se no dia-a-dia dos japoneses. Até o prato japonês mundialmente conhecido nos dias de hoje, a “Tenpura”, também se diz encontrar a sua etimologia no termo religioso português “(Quatro) Têmporas”, indicando uma época antes da Páscoa em que é aconselhado comer pratos de peixe e legumes como o de “Tenpura”, assim evitando o consumo de carne.

4 comments:

chuvamiuda said...

................
obrigado por mais esta lição
................


Bom dia

al cardoso said...

Ja sabia mas e sempre bom lembrar.
Bem haja.

Okawa Ryuko said...

Parabéns pelo seu blog e por ajudar os portugueses a terem mais consciência do seu legado histórico no extremo-oriente. Penso que gostará de ver as fotos que tirei no Festival da Espingarda de Tanegashima no meu blog www.japonmonamour.blogspot.com.

Stella said...

eu perguntei qual a imporatancia do japão no mundo, em geral.
n quero saber como foi o contato do japão com o mundo ocidental.